Estação de Trem

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Estação de Trem

Mensagem por Arthur H. Rockefeller em Sex Abr 10, 2015 7:53 pm

Estação de Trem
A Estação é um lugar miserável, geralmente as residências encontradas ali são as de mais baixa renda do Distrito. Está em constante movimento devido ao fato de que suas contribuições para a Capital são transportadas através de trens.
Créditos à JVBR

Arthur H. Rockefeller
Presidente
Presidente

Mensagens : 836
Data de inscrição : 07/04/2015
Localização : Capitol

Ficha Tributo
Emprego: Presidente
Tésseras: XXXX
Pontos de Patrocínio: XXXX

Ver perfil do usuário http://jogosvorazesbr.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estação de Trem

Mensagem por Alexei Tsar Brightthorn em Qui Nov 26, 2015 10:54 pm

Encarava a pilastra velha de madeira com certa ansiedade em seu peito, tentando não visualizar uma simples pilastra e sim um inimigo qualquer. Fez questão de checar pela quinta vez se realmente estava sozinho, e de fato estava, mas certificar-se constantemente aliviava a sensação estranha em seu peito de que alguma coisa definitivamente iria dar errado. O dia da colheita aproximava-se cada vez mais e Alexei precisava estar pronto caso algo desse errado, e sua ansiedade aumentava a cada minuto. Apertou o par de facas em seu bolso, segurando-as com firmeza no cabo metálico gélido. Roubara aquelas facas da cozinha de sua avó, com toda certeza não eram facas de luta ou algo assim, mas serviriam para alguma coisa. Precisava treinar.

Escolhera a estação de trem por ser afastada do centro do Distrito, pouco vigiada por pacificadores e habitada apenas por mineiros que enchiam os trens e pelo lado mais pobre da população do primeiro Distrito. Ali estaria seguro por certo tempo. Tinha certa habilidade em combate desarmado, e sabia que sua velocidade corporal havia aumentado depois de alguns treinos. Segurou uma faca em cada mão, ainda encarando a velha pilastra de madeira. Respirando fundo procurou absorver os sons que o cercavam, limpando a mente e deixando seus instintos de sobrevivência agir no lugar de seu raciocínio lógico.

Girou o corpo apoiando todo seu peso na perna esquerda, usando sua velocidade e as técnicas em combate para aprimorar o movimento. Quando completou meia volta esticou o braço direito, que segurava uma faca com toda a firmeza que conseguia. Ao lançar o objeto pendeu para frente, tendo que abrir as pernas em um ângulo desconfortável para sustentar seu peso melhor. Não haveria tutores para ensinar alguma técnica que pudesse ajuda-lo no uso de facas, teria que iniciar tal habilidade às cegas. Observou enquanto o objeto cortava o ar com força e velocidade, porém pendendo a ponta levemente para baixo e girando em seu próprio eixo devido à clara inexperiência de Alexei. Quando cravou na pilastra um som metálico repercutiu por toda a região, assustando o garoto que resolvera recuar alguns passos e esconder-se entre os arbustos ali perto. Aquilo com certeza faria um grande ferimento em uma pessoa, apesar de não sair como o esperado. Se Alexei mirasse na jugular de alguém poderia acertar um braço ou uma perna, mas a força que usaria em seus ataques com facas recompensaria o erro de mira.

Não tinha oponentes, ou algo além das pilastras para usar de alvo. Respirou fundo e com a única faca que sobrara em suas mãos, começou a realizar alguns golpes no ar. Aprendera tais golpes quando fora iniciado em combate desarmado, e agora os replicava com toda a precisão possível que conseguira. Se precisasse usar uma faca durante uma luta corporal, teria certa vantagem. Jogava o objeto metálico no ar, passando para a outra mão, enquanto redirecionava seu peso para as pernas de maneira uniforme e aplicava toda a sua força em movimentos curtos e precisos dos braços. Não tinha como prever um ataque, já que estava golpeando o ar, em uma luta teria que improvisar de acordo com o que fosse necessário. Usava a faca em sua mão direita, a mão dominante, apesar de conseguir ser ambidestro vez ou outra. Com a faca entrava na defensiva, e atacava o ar em golpes mais rápidos e longos, enquanto coma mão desarmada focava diretamente no que seria o pescoço e o rosto de seu oponente. Usava em seus golpes sua força, velocidade e técnicas de combate aprendidas no centro de treinamento ilegal.

- Ei garoto. - Parou, sentindo seu coração dar uma ou duas pulsações a menos. Largou a faca e virou-e em direção a voz, que vinha de algum lugar a sua direita. AO ver o pacificador sem capacete, gelou. Não teve reação. O que diria? O que faria? Não estava quebrando a regra do toque de recolher, então sua punição seria severa? Sem pensar correu na direção oposta do homem, em passos largos e leves, afastando-se o máximo possível e desviando em ruas aleatórias. Poderia entrar pelos fundos da sua casa sem ser visto.


OBS:
Iniciação a habilidade Facas. Outras habilidades previamente conquistadas foram também usadas no post.

Alexei Tsar Brightthorn
Tributos
Tributos

Mensagens : 72
Data de inscrição : 02/11/2015
Idade : 18
Localização : Guarapari búzios minha arte

Ficha Tributo
Emprego: Vendedor
Tésseras: 200
Pontos de Patrocínio:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estação de Trem

Mensagem por Arthur H. Rockefeller em Ter Dez 01, 2015 5:23 pm

Avaliação
Olá, Alexei.

+ Habilidade: Facas.

Créditos à JVBR




No matter how many deaths that I die, I will never forget. No matter how many lives that I live, I will never regret. There is a fire inside of this heart, and a riot about to explode into flames.

Arthur H. Rockefeller
Presidente
Presidente

Mensagens : 836
Data de inscrição : 07/04/2015
Localização : Capitol

Ficha Tributo
Emprego: Presidente
Tésseras: XXXX
Pontos de Patrocínio: XXXX

Ver perfil do usuário http://jogosvorazesbr.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estação de Trem

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum